A minha coleção de vernizes!

Olá meninas!

Hoje decidi mostrar-vos a minha colecção de vernizes. Aviso já que está a cerca de metade do tamanho inicial, pois muitos secaram e outros dei-os à minha esteticista pois já não os usava.

A minha mãe sempre pintou as unhas em casa, só à cerca de 8 anos é que começou a ir à manicure. Por este motivo sempre tive imensos vernizes em casa, apenas de não poder pintar pois sempre roí as unhas.

A minha batalha para começar a deixar crescer as unhas e deixar de roer iniciou-se à muito tempo. Tenho que admitir que pintar é a forma mais eficaz de perder toda a vontade. Neste momento só tenho o vício de as levar à boca, mas isso continua a deixá-las fracas.

Apercebi-me há cerca de quatro anos que as minhas unhas estavam a levantar, e procurei especialistas e tratamentos, e nunca foi uma resposta certa. Há três meses atrás fui ao dermatologista e foi-me diagnosticado psoríase ungeal, devido a traumas nas unhas (unhas de gel e/ou roer durante décadas). Um dia destes faço um post sobre esta doença.

Então, vou-vos mostrar aqui os meus tesouros!

Imagem

Esta é a minha caixinha. Foi-me oferecida no natal por uma grande amiga, com uma carteira linda lá dentro. Como não gosto de deitar coisas fora, decidi usá-la para guardar os meus vernizes!

Imagem

 

Aqui está a minha colecção! Bastante mais pequena do que era… mas está lá tudo o que é essencial para uma manicure bonita🙂

19

O que nunca dispenso na minha caixinha são estes produtos:

1 – Secador de Esmalte: comprei quando fui ao Brasil, e é fantástico para secar o verniz. Infelizmente o meu já está no fim (o que quer dizer que devia começar a organizar outra viagem, hehehe :D)

2 – Toalha de rosto: utilizo para proteger a superfície onde estou a pintar as unhas. Também é prático para limpar os utensílios que fiquem sujos com restos de verniz!

3 – Algodão: para retirar o verniz, ou os restos que fiquem nos cantos das unhas. Também para limpar os utensílios.

2

 

 

Estes produtos também são sempre indispensáveis:

1 – Removedor de Verniz da Sephora: dentro do recipiente está uma esponja, e basta colocar lá o dedo, deixar ficar por uns segundos,e  o verniz sai todo! No entanto, devemos evitar usá-lo para cores que mancham muito, como o vermelho. Tinha um que não pude continuar a usar porque sempre que limpava as unhas, o dedo ficava com restos de verniz vermelho😦

2 – Toalhetes removedores de Verniz da Kiko: são fantásticas para se levar na mala nas férias, e especialmente para retirar o verniz das unhas dos pés. Não têm acetona e retiram muito bem o verniz!

3 – Tratamento endurecedor da Yves Rocher: utilizo esta pomada de vez em quando para ajudar a fortalecer as minhas unhas, pois sempre foram extremamente fracas.

4 – Removedor de Verniz da Kiko: por vezes não dá jeito utilizar os outros dois, e por isso mantenho sempre comigo o removedor de verniz da Kiko, sem acetona.

5 – Creme hidratante para as mãos: quando utilizo removedor de verniz, mesmo sem acetona, noto que as minhas mãos ficam muito mais secas. Por isso utilizo sempre um creme hidratante antes de pintar as unhas novamente.

1

 

1 – Fita cola: sempre boa para algumas nail arts como a francesinha! Esta comprei-a na Primark, é a mesma que utilizo para fazer o cateye nos olhos.

2 – Esponja: quando faço unhas ombré, utilizo sempre uma esponja de maquilhagem. Podem encontrá-las em qualquer loja de cosméticos.

3 – Pauzinhos de laranjeira: os melhores para retirar os excessos de verniz dos cantos das unhas. Aprendi a técnica quando estive no Brasil e nunca mais larguei!

4 – Pincéis: para Nail Art principalmente, mas o maior também utilizo para pintar as unhas quando não gosto do pincel embutido no frasquinho de verniz.

5 – Utensílio para fazer bolinhas: comprei na Kiko, e serve para fazer nail art. Com ele, podem-se fazer flores, bolinhas, corações, etc. Um lado é mais pequeno e outro maior, para fazer dois tamanhos diferentes de bolinhas.

6 – Utensílios de metal: estes foram sendo comprados pela minha mãe ao longo do tempo. Servem para empurrar cutículas, cortar peles, etc. Também está ali um de plástico que serve para empurrar as cutículas para dentro (para quem não corta as cutículas).

7 – Limas: Bloco, de papel ou de metal, é à escolha do freguês🙂

8 – Tesoura e alicate: para cortar excessos de pele que incomodem.

18

Tenho sempre comigo também são estes dois produtos: o Óleo de Manga para Cutículas da Crisnail, e o Amolecedor de Verniz de Banana da Maru – assim um verniz nunca perde a vida!

17

A base Multi Fast 3-in-1 da Kiss foi sempre a preferida da minha mãe. Funciona como base e top-coat, e seca muito rápido.

A base Verniz Brillantissime da Yves Rocher é também uma das minhas preferidas. Como top-coat, deixa um brilho fantástico!

A base Diamond Hard da Kiss é a que mais uso. Deixa a unha mais dura e resistente, e protege bem de vernizes mais escuros que possam danificar ou tingir a unha.

A base 3-in-1 Shine da Kiko também é muito boa, mas mais ou menos a meio do frasquinho começa a ficar muito grossa.

Já a base 3-in-1 Mat da Kiko ajuda a fazer o efeito que mais gosto: o efeito Matte. É um bom investimento e todos os vernizes passam a poder ser opacos!

16

Sempre gostei de ver unhas simples, apenas com renda. Na minha caixa, tenho o Renda antigo da Risqué (o novo agora é um transparente amarelado, pois modificaram a composição do verniz). Para aquelas que adoram o efeito branco leitoso nas unhas, podes agora usar o Ti Ti Ti, que funciona como um substituto do Renda.

13

Assumo que a moda dos craquelados não pegou muito comigo. Estes vernizes fazem o efeito de pedra partida, ou chão extremamente seco. Tenho apenas estes dois, o Rock-top 613 da Kiko, um castanho arroxeado, e o Grafitti Effect 23 da Layla Cosmetics, um lilás muito bonito.

12

A moda dos néon também está na minha caixinha, mas apenas tenho dois tons, os rosa e os laranja. Tenho um frasquinho 606 do Carlos Santos e o 106 da Andreia, laranjas néon, e o 281 da Kiko e o 109 da Andreia, rosas néon.

11

Apesar de não usar muito, tenho sempre espaço para os verdes. O Menta da Risqué é o meu preferido. Depois tenho dois caquis da Kiko, o 349 e 9 393, que comprei na altura em que os caquis da Chanel estavam na moda. Também tenho o Show, da colecção New York da Risqué, que é um verde mais escuro com um pouquinho de azul.

10

Também costumo usar muito os vernizes nude. Tenho o 372 da Kiko, que é um nude rosinha muito pálido, o Mónaco da Risqué, que na unha fica quase transparente, o 319 da Kiko, que é mais acastanhado a puxar para o lilás, o Nude da Risqué, que para mim é o nude clássico, e um Nude Glam da Essence, que tem brilhinhos dourados muito bonitos que só reflectem à luz direta.

9

Pessoalmente gosto muito de usar cores mais escuras nas minha mãos. Para isso tenho o326 da Kiko, que é um cinzento médio, o New York da colecção New York da Risqué, um cinzento muito escuro, o 282 da Risqué, um cinzento escuro nacarado, o Preto Sépia da Risqué, um preto que penso ter sido comprado uma loja dos chineses. Em contraste, só costumo usar o Branco Puríssimo da Risqué, que para mim é um dos melhores brancos no mercado, pois não fica com o efeito “corretor”.

8

Na minha colecção de lilases e roxos, tenho primeiro o Charminho Lilás da coleção Penélope Charmosa da Risqué, que é um lilás muito clarinho e elegante; o Meet me Now! (48) da Essence Colorur and Go; o 34 da Nívea Calcium Power Shock Resistant; o Blueberry (nº 24) da Miyo; e i 334 da Kiko, um roxo mais escuro.

7

Também tenho tons pastéis! Pessoalmente são os meus tons preferidos, depois dos escuros. Tenho o C’est la Vie! (93) da Essence Colour and Go, que não é bem pastel mas está lá perto. É um coral claro muito bonito. Tenho também o 359 da Kiko, um laranja pastel lindo para se usar na praia, o Baby Blue (nº 27) da Miyo, um azul claro, e o Cigarrete da coleção Pop 4 You da Risqué, um azul claro matte muito jovem e bonito.

6

Nunca me tinha apercebido que a minha coleção de rosas era tão extensa ate ter feito este post!

Começamos pelo 376 da Kiko, um rosa bebé, e passamos para o 375 da mesma marca, um rosa velho lindo. Depois tenho o Meet Me At Coral Island, um coral rosado da Catrice, e a seguir uma criação minha, que foi uma mistura de vários vernizes (já não me recordo quais), que ficou um rosa meio néon. Tenho o Penelope Charmosa da Coleção Penelope Charmosa da Risqué, um rosa Barbie lindo e brilhante, e o 312 da Kiko, um rosa nacarado; do Brasil trouxe este Rosa Pink da Colorama; da Andreia tenho o 82, que é um rosa mais forte, depois um Yes Love que penso ter sido comprado num chinês, que fica um rosa meio opaco; o 284 da Kiko, um rosa mais escuro, e o Raspberry Fields Forever (360) da Catrice, um rosa mais forte e escuro.

5

O vermelho era a cor que a minha mãe mais usava, e eu adoro mas sempre tive um pouco de receio de usar, pois tendem a manchar a unha. A nossa coleção era muuuuito maior, mas os outros ou estavam secos ou não os usava, e por esse motivo agora só tenho:

O 9 da Andreia, um castanho avermelhado; o Rouge Diva (11) da So Laque! da Bourjois, um vermeho sangue escuro; o Fateful Desire (60) da Essence Colour and Go; o Firework da Sephora; e um vermelho tomate da Andreia, que já não tem o número no frasquinho.
3

Nos azuis tenho apenas três, que são o Azul Hortênsia da Risqué, que é quase igual ao Azulejo Português da mesma marca, é extremamente transparente mas fica bonito sobre outro tom de azul para lhe dar mais profundidade; o 6 da Andreia, um azul médio; e o 344 da Kiko, que é quase o azul de marca da loja Tiffani’s nos EUA.

4

 

Comprei estes dois magnéticos na Kiko, e na altura só tinham um iman para fazer desenhos. Tenho que assumir que não consegui ainda manipular esta técnica a 100%, mas faz um efeito engraçado. Nos vernizes, tenho o 707, um cinzento, e o 703, um roxo.

15

 

 

 

Também tenho um dourado da Sephora, o I’m a Rich Girl, que usei nas minhas unhas na passagem de ano; o 255 da Kiko, que tem uma base roxa com gliter, e o Time for Romance da Essence Colour and Go, de base e gliter roxo de vários tamanhos.

14

Também tenho uma coleção de prateados, que uso maioritariamente para nail art. O Silver Shine da Risqué é um top-coat de efeito prateado com brilho que pode ser usado por cima de outro tom para lhe dar um efeito diferente; o 272 da Kiko, um prateado nacarado; um verniz e gliter prateado para fazer nail art, comprado no chinês; o 271 da Kiko, um transparente com gliter prateado, e outro frasquinho do chinês também com gliter prateado, mas maior.

 

O que acharam da minha coleção? Há algum verniz em especial que gostavam que fizesse uma review? Deixem as vossas opiniões nos comentários!

One thought on “A minha coleção de vernizes!

  1. Olá🙂 A tua coleção é muito completa e diversificada! Gostei de saber a função de cada objeto que usas para tratar das unhas (alguns eu desconhecia ;])… Mas se imagina que tinhas de escolher apenas 2s vernizes para usar durante o verão, quais escolherias? Quais são a cara do verão?🙂 Beijinho*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s